Lunação de Janeiro 2018

A contemplação e observação da Lua é algo tão antigo na nossa história quanto nossa próxima existência aqui no planeta Terra. A Lua é um corpo celeste dos mais magnéticos, atraentes e enigmáticos que tem no céu e a “dança” entre o Sol e a Lua é algo observado, e até mesmo cultuado, desde nossa origem. Desta observação tão antiga o homem foi aprendendo a plantar, a perceber o ritmo das marés e a se guiar por este ritmo.

Lunação nada mais é do que um Ciclo Lunar, que é a passagem da Lua pelas 4 fases: Nova, Crescente, Cheia e Minguante e por uma determinada faixa zodiacal, ou signos. A Lua nova é o encontro da Lua com o Sol no céu, em um mesmo signo, e este é o início de uma Lunação. Ao longo de um ano são 13 lunações. Podemos usar as Lunações como um calendário anual e estarmos alinhados com os ciclos da Lua, ou seja com os ciclos e ritmos da natureza, afinal de contas somos parte dela.

A cada mês a Lunação se dá em um signo e de alguma maneira há um destaque para aquelas qualidades. Assim como irá passar por alguma parte específica da vida prática, que são as 12 casas do mapa astrológico. Então podemos dar atenção à todas as áreas da nossa vida ao longo de um ano, áreas que poderiam estar paradas, estagnadas ou pedindo alguma atitude nossa. É como se tivéssemos plantando em nós novas sementes ou mesmo externamente, na vida prática, praticando uma “agricultura” pessoal. Aliás a palavra agricultura, que vem do latim, significa ‘terra ou campo cultivável”. Qual é o campo cultivável que há em nós a cada mês?

Este mês de Janeiro a Lunação começou hoje dia 17 janeiro aos 26º54’ do signo de Capricórnio quase aos 27º e vai até dia 15 de fevereiro, quando teremos a próxima lunação (e eclipse) no signo de Aquário. Esta lunação de capricórnio está especialmente potencializada com as qualidades deste signo de terra, pois além do Sol e da Lua, encontram-se também outros planetas ou pontos: Saturno, Mercúrio, Plutão, Vênus e Lilith. É muita força no céu nesta mesma sintonia zodiacal. Além disso, o ponto alto desta lunação, ou seja a lua cheia deste mês no 31 de janeiro, vai acontecer junto com um Eclipse Lunar. O que dá ainda mais força e importância para esta lunação.

Capricórnio é um signo de terra, ou seja, pragmático, está ligado à matéria, ao concreto, à realidade. E também é um dos quatro signos do ritmo ou modalidade cardinal, que tem a energia da ação, dos inícios. Por aí já temos uma dica de que precisamos tomar decisões e agir em questões de ordem prática na vida.

Se você tem o seu mapa astral é só procurar onde está o grau 27º de Capricórnio e em que casa do mapa que acontece a Lunação, pois é esta área da vida prática que está te pedindo uma especial atenção. Se não conhece o seu mapa, você pode direcionar livremente a sua vontade elegendo algum tema da vida que está precisando ser resolvido agora, pois a “força capricorniana” está no céu e disponível para todos nós. Algumas das qualidades de Capricórnio são:

. o uso produtivo do Tempo;

. Trabalha com o que é essencial, não com o supérfluo;

. Estabelece Limites e Regras;

. Detesta desperdiçar tempo e recursos; é Econômico;

. Maturidade; Responsabilidade;

. Pragmatismo; senso de Realidade;

. Planejamento; Decisão; Ação;

. Comprometimento; Disciplina; Persistência; Esforço;

. Superação de Desafios;

. Profissionalismo;

. Controle; voltado para Resultados;

. Qualidade, Excelência e Sucesso.

Seja qual for o assunto ou a área da vida que decidir, essas são atitudes bem-vindas e com chances de serem implementadas com mais facilidade (se é que se pode usar esta palavra para capricórnio). Lembremos que ainda estamos sob influência do último Solstício que foi no signo de Capricórnio e o próximo Equinócio se dará em Março quando o Sol entra no signo de Áries, o primeiro do zodíaco, e definitivamente colocaremos os dois pés no ano de 2018.

Para pessoas que tem fortes posições em Capricórnio como o Ascendente, Sol, Lua, Vênus, Marte e Mercúrio, por um lado já são familiarizados com estas qualidades, por outro podem estar sentindo com mais força este momento e pedindo decisão e ação.

No último post, onde falei sobre o Solstício de Capricórnio, fiz uma analogia com a subida de uma montanha. E acho este exemplo muito didático para entendermos que não dá para subir o nosso Monte Everest levando uma casa nas costas. Além de muito pesado, é certeza de fracasso. Depois de avistarmos a montanha (nossa meta), tão alta e desafiadora, é preciso planejamento para saber como chegar até lá e qual a estratégia a ser usada. Depois disso é partir para a ação, escolher poucos objetos para levar na mochila, que deve ser a mais leve possível, porém com o essencial para a sobrevivência. O que é supérfluo ou pesado é preciso deixar para trás se queremos andar para frente. Tantos são os exemplos na mitologia de que não devemos olhar para trás para não sermos transformados em estátuas de sal, ou petrificados. O medo nos paralisa. Tanto o de abrir mão e deixar coisas para trás, quanto o de decidir e seguir em frente. Somos tentados a permanecer onde estamos, muitas vezes no conforto do desconfortável, porém conhecido.

Como falei anteriormente, há vários planetas também em Capricórnio e é claro que podemos sentir toda esta pressão em algum ou alguns dos temas relacionados a eles:

Vênus: Dinheiro, Valores, Recursos, Bens, Amores e Afetos.

Saturno: Trabalho, Profissão, Carreira, Imóveis, Estrutura.

Mercúrio: Comunicação, Deslocamentos, Papéis, Documentação;

Plutão: Financiamentos, Endividamentos, Negócios por participação e cotas ou em momentos críticos.

Sol: Propósitos de Vida, Saúde e Vitalidade.

Vale lembrar também que Júpiter e Marte estão juntos no céu no signo de Escorpião e podem nos encorajar a tomar decisões dentro desta temática de que menos é mais, pois Escorpião está ligado à todos os processos de eliminação, jogar fora o que não tem valor e resgatar aquilo que é valor para nós. Quais são mesmos os nossos valores? O que é valor para mim e o que eu posso deixar para trás e eliminar?

É preciso abrir espaço em nossas vidas para a chegada do novo, e o bom é saber que isto só depende de nossas ações, comportamentos e atitudes para que possamos viver um ano realmente diferente e cheio de novas possibilidades que Júpiter, grande benéfico e regente do próximo ano, promete. Mãos à obra!

Beijos

Grazie!!

Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

Tel/Whats: (48) 9 9999-0541