Sol em Touro

Dia 20 de abril às 05:55 o Sol ingressou no signo de Touro.

Sempre que o sol ingressa num signo diferente há uma mudança energética para aquele período.

Touro é o segundo signo zodiacal. Se pensarmos na jornada do ser humano através dos 12 arquétipos astrológicos podemos compreender melhor cada um dos signos pela posição em que ocupam nesta ordem cósmica.

Áries, signo impulsivo e corajoso de fogo, inicia a grande jornada e logo depois é preciso vir Touro, do elemento terra e ritmo fixo para estabilizar e dar sustentação às iniciativas arianas.

Por isso ele é lento (aos olhos do ariano), porém a mudança de ritmo se faz necessária para que tudo possa ganhar forma na matéria. Touro é um signo de materialização, coloca a mão na massa, molda o barro, e produz. Em Touro sabemos preservar. Preservar tudo, desde a matéria em si, objetos, posses, valores, mas também pessoas e situações.

No signo anterior de Áries tivemos coragem de dar o primeiro passo, de seguir adiante, de iniciar algo novo em nossas vidas, de fazer algo pela primeira vez. Agora em Touro aprendemos a sustentar esta condição, a sustentar o que somos e o que iniciamos. Mantemos, resistimos, consolidamos, ficamos até gerar frutos, até aquilo ganhar corpo e forma na matéria. Touro sustenta as ações de Áries com paciência, dedicação e trabalho.

Aquele bebê que nasceu em áries agora é um ser individualizado que precisa ser alimentado, precisa se sentir protegido, seguro, quentinho no colo de sua mãe. Nesta fase ainda não falamos, não usamos a racionalidade. Somos pura sensação. Este é o canal de aprendizado do bebê, as sensações corporais, os cinco sentidos: paladar, tato, audição, visão e olfato. Sendo um signo tão profundamente ligado às sensações fica fácil compreender porque se relaciona com a sexualidade.

Alimento, casa, contato com o corpo são essenciais para a sobrevivência do ser humano. Por isso touro está relacionado às necessidades básicas de sobrevivência do ser humano.

ELEMENTO TERRA

Signos do elemento terra são: Touro, Virgem e Capricórnio.

Terra é diretamente relacionado com a materialidade das coisas. São signos relacionados à praticidade da vida. Sabem, como ninguém, lidar com o mundo material.

Touro representa ao ápice da estação da primavera (simbologia do hemisfério norte). A natureza está em sua máxima exuberância, as árvores cheias de frutos, flores em abundância colorindo os pastos, os aromas das plantas e cheiro da terra molhada. A conexão com a terra, sentindo os pés no chão (literal e metaforicamente) traz uma tranquilidade e uma calma que touro sabe apreciar. É tudo muito simples. Basta estar aterrado pra perceber.

O excesso do elemento terra pode proporcionar uma letargia, preguiça, medo, avareza, preocupação exagerada com o mundo material.

Em falta pode gerar uma dificuldade na pessoa de se sustentar (das mais variadas formas) e de lidar com o mundo da matéria, do trabalho, da produção e da geração de recursos.

RITMO FIXO

Signos Fixos estão associados aos meios das estações do ano, ao meio do processo. Eles tem a força para preservar, manter, sustentar as estações e as iniciativas dos signos cardinais anteriores. Os signos fixos são: Touro, Leão, Escorpião e Aquário - um de cada elemento, um de cada estação do ano.

Como um signo fixo, touro não gosta de mudanças, afinal de contas ele foi feito para conservar e manter.

Mas atenção aos taurinos e todos que tem fortes posições em touro no seu mapa (sol, lua, ascendente, nodo lunar sul, ou vários planetas neste signo): Urano, o planeta imprevisível das mudanças, chegou em touro e aqui permanecerá por 7 anos, provocando mudanças. Promete sacudir a terra fixa (em todos os sentidos). Só mesmo com a força de Urano para gente se desapegar, deixar ir, soltar, mudar valores, e nos relacionarmos com as coisas a partir de um lugar mais leve e livre.

VÊNUS - planeta regente

A deusa do amor, da beleza e da harmonia reina no signo de Touro, pois aqui encontra os prazeres sensoriais. A boa comida, o conforto, a segurança e bem-estar. Vênus nos ensina a desfrutar da vida, nos permite entrar em contato com os prazeres da vida, do prazer que é viver a vida.

Interessante fazer uma analogia de Touro com a casa 2 do mapa astrológico. Esta é uma das casas ligadas à vocação, ao trabalho. O que mais vemos hoje em dia são pessoas mudando suas profissões, percebendo que não estão felizes porque não fazem o que gostam. A profissão fica esvaziada de sentido se não há componentes de Vênus e Touro. Imagina o que seria desse mundo se as pessoas trabalhassem com aquilo que amam, que lhes dão prazer, que gostam?

Perguntas de Vênus para gente refletir: O que é valor para nós? O que valorizamos em nós e nas coisas que fazemos? Sabemos cobrar por aquilo que produzimos? Atribuímos o justo valor por aquilo que fazemos?

Vênus nos ensina a lição do valor. Do valor sobre si, auto-amor, valorizar os recursos internos que temos. Se temos dificuldade em encontrar valor dentro de nós, tendemos a projetar fora e buscar no outro. Entregamos para o outro o poder sobre nós. Atribuir valor ao outro, como se não tivéssemos o nosso próprio. Algo que nos falta projetamos no outro, nas relações. Por isso este eixo é tão importante para as relações e os relacionamentos. Precisamos desenvolver o auto-valor para irmos em direção a um outro de verdade e não apenas um outro projetado de nossas sombras.

Sobre isso gosto de lembrar da música do Arnaldo Antunes "Pop Zen" quando ele fala que só damos o que temos: "Tudo que você tem não é seu. Tudo que você guarda não lhe pertence, nem nunca lhe pertencerá. Pertence ao tempo que tudo transformará. Só é seu aquilo que você dá. O beijo que você deu é seu, é seu, é seu beijo"

E é através das funções venusianas que fazemos as nossas escolhas. Quais escolhas temos feito? A partir do que estamos escolhendo?

O EIXO Touro-Escorpião

Escorpião é o signo oposto e complementar de Touro. Isto significa que ao desenvolver as qualidades de escorpião, podemos equilibrar os desequilíbrios taurinos.

Somos um corpo vivendo com um espírito ou somos um espírito vivendo dentro de um corpo físico?

Para além da matéria pulsa uma vida, uma alma. A impermanência faz parte da vida. A matéria um dia deixa de existir, por maior que seja a nossa resistência em querer manter, conservá-la e protegê-la deste fim.

Tudo, no mundo da matéria, tem um tempo de vida útil. Inclusive nós que um dia nos despediremos deste corpo. Então afinal de contas somos apenas o corpo físico, ou somos algo para além dele? O nosso corpo nos ensina a observar a finitude da vida material. E isso pode nos assustar. Será por isso que muita gente recorre a todo tipo de adiamento do processo de envelhecimento?

Ninguém quer morrer. Não queremos ser finitos, não queremos que as coisas acabem, que as pessoas se vão e situações que valorizamos deixem de existir.

Escorpião está aí pra nos ensinar que existe algo para além do mundo das formas. Que o amor continua, mesmo que a relação acabe ou que a pessoa não esteja mais viva. Neste eixo vivemos o paradoxo de atribuirmos mais valor às coisas/situações/pessoas justamente porque são efêmeras, e assim desfrutamos ainda mais porque embutimos na vida a certeza da impermanência.

Parabéns à todos taurinos e taurinas que nos ensinam a lidar com o mundo das formas, a simplificar a vida e desfrutar de tudo que nela existe, até o momento da despedida.

Beijos com carinho!

Feliz Páscoa!

Grazi

Destaques

Posts Recentes

Arquivos

Tags

Siga a gente

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

Tel/Whats: (48) 9 9999-0541